quarta-feira, 21 de julho de 2010

O "pequeno" Izaac

Izaac so tinha 20 anos e já se encontrava loucamente apaixonado! So de vê-lo já sentíamos o quanto ele amava. A força do amor ultrapassava o brilho dos seus olhos... Chega a causar inveja, as vezes raiva de vê-lo entregue a um sentimento tão abstrato.

Certo dia algo de estranho aconteceu com ele. Será que o amor de Izaac foi embora? Acabou? Sumiu? Mudou-se? O que importava era que O “pequeno” Izaac mudou.

O que será que se passa agora? Depressão, ansiedade, ociosidade, carência, choros, isolação, repugnância, estresse, solidão... Palavras surgiam e com ela mais duvidas. Adjetivos, de todos os graus e gêneros, surgiram pra definir o “pequeno” Izaac. Mesmo assim ninguém se atrevia a confidenciar com o pobre garoto.

30 de Agosto! Marcou ele no calendário, em sua casa. E em todo o lugar que viam o “pequeno”, era essa data o que ele ficava rabiscando em tudo quanto é canto, guardanapo, sapato, mesa, cadeira, banco, palma da mão... Parecia que algo de extraordinário iria acontecer nesse dia, já que ainda era 21 de julho.

O amor estragou, apodreceu e adoeceu o coração de nosso Izaac. Pobre menino!

Agosto chegou e já não se via mais o Izaac pelas ruas a noite... Nem hora alguma. Com isso, todos esqueceram a agonia do Izaac, esqueceram a data que ele escolheu pra estampar em seu dia-a-dia. Será que seu amor vai voltar? Será que vamos ver o brilhante sorriso em sua face?

...

27, 28, 29, 30...31 de Agosto! Uma carta é encontrada, gotas de sangue, um corpo... Na carta, lágrimas, amarguras, tristezas, abandono. Era o pequeno Izaac quem partiu dessa vez... Não tinha sentido viver aquele sentimento que tomou conta de todo o seu ser, e não sarava, não parava de doer, dia e noite.

Decidiu morrer em seu aniversário, ao menos era um dia em que ele sabia que alguém ia pensar nele, tudo que ele sempre quis era simples: que alguém o amasse da forma que ele sentia o amor. Talvez assim ele conseguisse dividir o poder do sentimento dentro dele com outro, mas não conseguiu... era forte demais, ninguém agüentaria... Então a morte o levaria de corpo e alma. Mas completo em seu sentimento.

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Reinicio


Cobranças!

Que palavrinha é essa que me segue tanto? Fiz algo errado?

Acaso é errado querer viver sempre o presente? Viver so de coisas boas ou delas?

Gosto de minha vida na/da forma como ela está:

Porque sou tão cobrado disso ou daquilo? (principalmente daquilo), será que eu não sou digno de um voto de “você ta certo, viva do seu jeito”. Será que ninguém ver que se eu viver de outra forma não serei tão feliz quanto eu já sou? Ao menos se eu for, não será mais a mesma coisa.

Estou pedindo pra parar de me cobrar algo que está além de mim. Isto está me matando... tou ficando doente... É muita coisa pra fazer, muito tempo dispensado, e todo esse turbilhão de coisas em minha cabeça. Queria gritar, mas não deu tempo de aprender a fazer isso. Mas dói...

Tira esse medo de mim.

Deus? Faz o mundo parar so um segundo, preciso descer, acho que algo vôo pela janela e era meu... Deixa eu o resgatar. Fica comigo.

Chove!

A água me molha, estou estático, o vento gelado me fura onde a água já bateu sem piedade. Tudo novamente? Dessa vez não, não permitirei que esmaguem a grama do meu jardim, não permito que entrem da forma grosseira como esses “humanos” costumam vir até ele. Oh não! Preciso replantar um monte de coisas, essa chuva me ajudará, mesmo me ferindo tanto.

Espere, não é chuva! São minhas lagrimas.

Estou triste?

segunda-feira, 5 de julho de 2010

Voltando... aguarde.


Oiiii meu povo, saudades de escrever aqui algumas ideias, agora sem acento né? ...rsrsr

Bem como podem notar, fazem 3 anos que não posto nada...nenhuma de minhas besteiras...
Mas depois de muito negociar comigo mesmo, decidir voltar.
Tenho um monte de coisa na cabeça, que coletei nesses 3 anos e agora quero colocar aqui, dividir com vocês...

Que tal pra começar uma conversa?

Me conta como você passou todo esse tempo? Casou? Separou? filhos? viagens? Engordou?

Aguardo os comentário de vocês, enquanto vou organizando minhas idéias, ou é ideia?

Beijos no coração de cada um.

Vídeos

Loading...